Hazul

www.hazul.pt

www.facebook.com/eusouhazul

 

Hazul (1981), artista autodidata, tem o Porto como berço e as suas velhas ruas como cenário de crescimento artístico. As primeiras intervenções no espaço público surgem em 1997 sob o pseudónimo de Pong 02, época em que descobre o movimento Hip Hop e mais especificamente o graffiti. O desenho de letras foi o grande foco durante alguns anos mas o tempo levou-o a explorar outros caminhos. A partir de 2008, após consolidar a linguagem e estabelecer um rumo objetivo para a sua obra, assume o nome atual de Hazul. As criações surgem agora com uma dimensão mais onírica e simbólica, onde a relação entre o orgânico e o geométrico, entre seres e objetos ou entre o material e o etéreo é recorrentemente abordada. As linhas fortes fazem com que o desenho sobressaia sobre manchas ordenadas e por vezes flutuantes. Notam-se influências da arte primitiva, das antigas civilizações ou de povos tribais, resultando numa linguagem universal e intemporal. O seu trabalho continua a ter a rua como cenário principal, mantendo esse constante diálogo entre o mundo contemporâneo e o ancestral. Além das paredes usa também telas, papéis e objetos encontrados como meios para se expressar. Do seu currículo fazem parte várias participações em eventos e exposições.

 

Local de intervenção: Museu do Quartzo

Coordenadas: 40.696849, -7.920984

Obras